POLÍTICA

Esquerdismo, Sindicatos vão ao STF contra a PEC dos Precatórios. Vale tudo se for contra Bolsonaro
Absurdo: Organização critica "viés eleitoreiro" da medida

O Sindicato Nacional dos Aposentados, Pensionistas e Idosos da Força Sindical (Sindnapi) entrou com uma ação no Supremo Tribunal Federal (STF) contra a proposta de emenda à Constituição (PEC) dos Precatórios.

Protocolado na segunda-feira (8.11), o processo também é assinado pela Força Sindical e a Confederação Nacional dos Trabalhadores Metalúrgicos.

Em nota, o Sindnapi informou ser a favor do Auxílio Brasil de R$ 400, mas criticou o "viés eleitoreiro da medida" que supostamente "acaba com o Bolsa Família", e isso sabemos que não é verdade e sim amplia de 14 para 17 Milhões de beneficiados e muda o nome para Auxílio Brasil e além disso  aumenta o valor para R$ 400,00.

Absurdo:
"Querem dar um calote nos aposentados e pensionistas, que somente têm um montante maior para receber do INSS porque foram vítimas de erros da própria Administração Pública", comunicou o Sindnapi.

Segundo noticiou a Revista Oeste, a Câmara dos Deputados deve votar nesta terça-feira, 9, a PEC dos Precatórios em segundo turno.

Em linhas gerais, a medida propõe parcelar o pagamento dos precatórios, com a finalidade de viabilizar novos programas sociais de transferência de renda devido à pandemia de covid-19.



Fale conosco ou participe do nosso grupo do WhatsApp

Participe do nosso grupo do Telegram




COMENTÁRIOS







VEJA TAMBÉM



POLÍTICA  |   04/08/2022 21h03





POLÍTICA  |   02/08/2022 19h27


POLÍTICA  |   20/07/2022 11h10