POLÍTICA

6 SIM, 2 NÃO - PEC DOS PRECATÓRIOS: VEJA COMO VOTOU CADA DEPUTADO FEDERAL DE RONDÔNIA.
Proposta é principal aposta do governo para bancar o Auxílio Brasil, mas é criticada por "contornar" teto de gastos.


Seção da Câmara Federal

Por 323 votos a 172 e uma abstenção, a Câmara dos Deputados aprovou na noite da última terça-feira (9) a proposta de emenda à Constituição (PEC) dos Precatórios.

A proposição foi aprovada em dois turnos na Câmara dos Deputados. O texto segue para o Senado, onde também necessitará de aprovação em dois turnos.

Abaixo, veja como votou cada deputado federal de Rondônia

Coronel Chrisóstomo (PSL) — votou sim

Expedito Netto (PSD) — votou sim

Jaqueline Cassol (PP) — votou sim


Léo Moraes (PODE) — votou não

Lucio Mosquini (MDB) — votou sim

Mariana Carvalho (PSDB) — votou sim


Mauro Nazif (PSB) — votou não

Silvia Cristina (PDT) — votou sim


A PEC é a principal aposta do governo federal para viabilizar o programa social Auxílio Brasil — anunciado pelo governo para suceder o Bolsa Família.

A proposta adia o pagamento de precatórios (dívidas do governo já reconhecidas pela Justiça) e altera o cálculo do teto de gastos (regra pela qual, de um ano para outro, as despesas do governo não podem crescer mais que a variação da inflação).

As duas mudanças abrem um espaço orçamentário de cerca de R$ 90 bilhões para o governo gastar em 2022, ano eleitoral — o que é visto como especialistas como uma forma de "contornar" o teto de gastos.



Fale conosco ou participe do nosso grupo do WhatsApp

Participe do nosso grupo e canal do Telegram




COMENTÁRIOS







VEJA TAMBÉM



POLÍTICA  |   17/01/2022 15h27





POLÍTICA  |   17/01/2022 11h59


POLÍTICA  |   29/12/2021 16h32