POLÍCIA

Golpista conhecido como “fazendeiro do amor” é preso pela Polícia Civil em Presidente Médici (RO)
Gilberto Cardoso e tentou corromper os policiais oferecendo R$50.000,00

A Polícia Civil do Estado de Rondônia, por intermédio da Delegacia de Ji-paraná, prendeu nesta semana, o foragido da justiça conhecido como o "golpista fazendeiro do amor", em Presidente Médici-RO.

O enredo digno de filmes! Segundo as investigações, Teodoro Cassiano Cardoso e passava por fazendeiro para se aproximar de mulheres que, enganadas por promessas amorosas, davam-lhe procuração, transferiam e vendiam suas propriedades, repassando os valores muitas vezes em grande soma, ao criminoso.
Em um dos golpes, a vítima perdeu sua única casa.

Teodoro utilizava nome falso para não ser preso e aplicar novos golpes. As informações dão conta de que ele estava na região central de Rondônia, residindo em Presidente Médici desde o final de 2021.

No ato do cumprimento de sua Mandado de Prisão, o foragido apresentou-se com o nome Gilberto Cardoso e tentou corromper os policiais oferecendo R$50.000,00 (cinquenta mil reais) com o objetivo de ser liberado. "Eu dou cinquenta mil reais para vocês e vocês esquecem que eu existo! Vocês poderiam ser diferentes! Não precisa ser assim!" Insistia com os policiais: "O mundo não funciona assim. Você poderia convencer os colegas, que não é assim." Afirmava Teodoro. Imediatamente, os agentes deram voz de prisão em flagrante a Teodoro pelo crime de Corrupção Ativa.

Teodoro é suspeito de praticar crimes cujos valores ultrapassaram 2 milhões de reais.

Tendo em vista que o crime perpetrado atenta contra a fé pública podendo haver outras vítimas em Rondônia, a imagem do suspeito, bem como seu documento falso foram divulgados com o único fim de interesse público, para que outras possíveis vítimas o reconheçam.


- Segundonews / O Guardião.



Fale conosco ou participe do nosso grupo do WhatsApp

Participe do nosso grupo do Telegram




COMENTÁRIOS







VEJA TAMBÉM



POLÍCIA  |   25/06/2022 09h24





POLÍCIA  |   24/06/2022 15h42


POLÍCIA  |   24/06/2022 15h14